Acompanhamento Psicológico

Entender o sujeito como um todo, com as suas particularidades, dificuldades, interesses e modo de funcionamento

Psicologia Clínica/Psicoterapia


Objetivos:


Entender o sujeito como um todo, com as suas particularidades, dificuldades, interesses e modo de funcionamento. Sempre no sentido de prestar ajuda na resolução de conflitos internos e/ou externos e, assim, promover a mudança, o reestabelecer do equilíbrio e a adaptação do sujeito às mais variadas situações de vida.



Quando se deve pedir uma avaliação psicológica?


Os pais ou cuidadores devem estar alerta a sinais como:
- Alterações no comportamento (agressividade – contra si próprio, contra os outros, objetos ou animais; passividade; irritabilidade; irrequietude);
- Dificuldades na integração escolar e/ou social;
- Dificuldades em lidar com novas situações de vida (mudança de escola ou de cidade, divórcio dos pais, doença familiar) e com situações traumáticas;
- Medos;
- Ansiedade;
- Ansiedade no momento da separação dos familiares;
- Dificuldades alimentares ou no sono;
- Tristeza e apatia;
- Depressão Infantil;
- Luto;
- Dificuldades no controlo dos esfíncteres (enurese e encoprese);
- Comportamentos desviantes (furto, mentira recorrente, delinquência);
- Indecisão quanto às escolhas vocacionais/profissionais;
- Dificuldades ao nível da organização e métodos de estudo;
- Dificuldades na aprendizagem;
- Dificuldades na leitura e escrita.

Avaliação e Intervenção Psicológicas com crianças e adolescentes:


Em que consiste a avaliação Psicológica com crianças?


A avaliação psicológica inicial visa identificar e limitar as dificuldades específicas e/ou fazer o despiste das mesmas.


O procedimento consiste, na maioria dos casos, numa primeira sessão com os pais ou cuidadores e a criança/adolescente, seguida de duas sessões de avaliação com a criança/adolescente (que englobam a aplicação de testes psicológicos, nos casos em que é necessário).


No final da avaliação é elaborado um relatório com a síntese da informação recolhida e sugestões quanto à eventual necessidade de intervenção psicológica e objetivos a serem trabalhados.